De todas as coisas, não pensei que você era a minha cura. Não te conhecia bem, nem acreditava que era possível existir alguém assim. E não me faltaram oportunidades pra te conhecer de fato, mas nada em você me atraía, não sei bem explicar o porquê.

Falei mal de você e zombei da sua existência. Chamei de alienado quem te amava e o acusei de não dar conta. Como se fosse fácil lidar com a imensidão dos universos. Eu não te sentia e não tinha esperança de um dia sentir. No fundo, sempre tive medo de não merecer estar contigo.

Achava que a minha infelicidade provava a sua inexistência, que me deixara perecer aqui sem nenhuma coragem para continuar. Mas, ainda assim, no íntimo, eu criava a sua companhia, conversava contigo coisas banais e tristes. Você esteve presente em todas as minhas dores, jorrando todo o seu amor em mim e eu, boba, me apegando somente a parte ruim.

Mas você nunca desistiu de mim. Você trouxe à minha vida pessoas extraordinárias, que me deram todo o amor que um dia pensei faltar e que me levaram só pro alto. E assim eu cheguei mais perto de ti, até que finalmente fossemos apresentados formalmente.

A cura se iniciou. Hoje eu te sinto todos os dias. Sei que você está ao meu lado até quando não mereço, porque é quando eu mais preciso. Construí uma relação de amor verdadeiro contigo e já não desconfio mais do que é bom.

Minha vida mudou pra sempre quando eu parei de resistir.

Escrito por Sarita Deoli

Nordestina, advogada e graduanda em psicologia. Criou o Brutamor para discorrer sobre a natureza humana, seu tema preferido. Acredita no valor do autoconhecimento e conhecimento. E também na cura. Tem mais esperança do que tinha antigamente e insiste que não está aqui só de passagem. Sua matéria-prima é o amor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: