no auge da minha adolescência, quando Chorão cantava que “cada escolha, uma renúncia, isso é a vida” em Malhação, eu não entendia o peso dessa letra.

 
ah, as escolhas! todas tão cheias de implicações. não se pode ter tudo, afinal. por mais que você seja o pica das galáxias, sempre vai faltar algo, vai ter aquela coisinha que você queria que fosse diferente.
 
é, eu desisti de querer alcançar isso tudo. de ser do meu jeito. não vai ser!
 
e eu tô quase chegando no nível de acreditar que dá pra ser feliz sem estar tudo perfeito. que ainda dá pra viver, mesmo sem alcançar tudo que se quer. minha eterna admiração pra quem já experimenta dessa convicção.
 
o show tem que continuar. mesmo sem a luz adequada, ainda que sem aplausos, até quando o microfone não funcionar. a vida não espera você vestir sua melhor roupa, afinar sua voz e estar preparado emocionalmente. ela só continua passando e passando, esperando que você viva.

Escrito por Sarita Deoli

Nordestina, advogada e graduanda em psicologia. Criou o Brutamor para discorrer sobre a natureza humana, seu tema preferido. Acredita no valor do autoconhecimento e conhecimento. E também na cura. Tem mais esperança do que tinha antigamente e insiste que não está aqui só de passagem. Sua matéria-prima é o amor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: