A ânsia de mergulhar hesita na dúvida da decisão. Quando se quer ter tudo não se tem nada. Se você segue reto em uma bifurcação, você não encontra nada.

A cara de bem resolvida esconde a deficiência em escolher. Oculta a dificuldade em ter certeza do que sente. Mascara a inconstância em ser.

Nunca foi falta de autoconhecimento, sempre foi exagero de pensamentos, sentimentos e desejos. É um pouco de tudo porque não quer perder nada da vida.

Completamente desqualificada em ignorar o que acontece ao seu redor porque precisa incessantemente participar de tudo.

Não é uma questão de se encontrar, é o simples fato de decidir por um e aceitar que não vai ter o outro da mesma forma – ou simplesmente não vai ter.

A pessoa inconformada sofre porque quer ser Deus. Quer fazer um novo mundo. Perde tempo em criações que nunca serão aplicadas, em vez de viver – não apenas existir – nos moldes que lhes são apresentados.

É preciso decidir sem dúvida e mergulhar apagando toda essa ânsia de ocupar o espaço de Deus.

Escrito por Sarita Deoli

Nordestina, advogada e graduanda em psicologia. Criou o Brutamor para falar sobre a natureza humana, seu tema preferido. Acredita no valor do autoconhecimento e do conhecimento em si. Tem mais esperança do que antigamente e insiste que não está aqui só de passagem. Sua matéria-prima é o amor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: