meu radar tá quebrado

nunca tinha notado o quanto é difícil encontrar alguém. alguém que você queira e te queira. alguém que esteja disponível. alguém que esteja disposto. alguém que te motive e se motive contigo.

vivi por muitos anos um grande amor e talvez, por isso, tenha esquecido que não é simples assim querer deixar de ser solteira. porque não há querer. não vai surgir uma pessoa na sua frente só porque você decidiu que quer se apaixonar. inclusive, é preciso ter cuidado com o que se deseja, já que se apaixonar é um grande risco em tempos que as pessoas te dão um pé na bunda da noite pro dia sem o menor receio.

esse ano foi assim: todas as pessoas que me empolguei um pouco, logo aparecia algo para me desempolgar. o indivíduo era comprometido, gay ou realmente não me queria mesmo. enquanto uma leva de gente que eu nunca tive o menor interesse não saía – não sai – do meu pé.

realmente deve ter algo de muito errado na minha áurea amorosa porque tá tudo dessintonizado. eu sinto conexões que não existem, me pego pensando em gente que nem lembra da minha existência. todo mundo tá de boa, com seus respectivos e eu aqui bem alone.

mas o que há de se fazer? vida que segue sozinha mesmo porque amor meia boca não me satisfaz.

sarita bruta

📷 ≫ pinterest
//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s