Acontece que eu nunca parei de pensar em você. Beijei tantas bocas e conheci tantos corpos mas, no fundo do meu cérebro sempre tinha aquela vozinha que me dizia “não é ele”. E eu poderia, de pronto, elencar todos os motivos pelos quais não devemos ficar juntos. Eu ainda acho que não daria certo.

Mas é que com a gente tem uma conexão de alma. Como se estivessem destinadas a ficar entrelaçadas. Não existirá laço igual, nunca, eu tenho certeza.

Você é quase um multivitamínico que eu preciso tomar pra ficar plena. Porque, entenda, eu vivo sem você, vivo bem, mas não tem graça. Sem você não tem amor, não tem confiança, não tem família, não tem filhos, não tem cachorro, não tem esperança.

Você tem tantos defeitos, mas ainda assim, é a pessoa que conheço com menos defeitos.

Escrito por Sarita Deoli

Nordestina, advogada e graduanda em psicologia. Criou o Brutamor para discorrer sobre a natureza humana, seu tema preferido. Acredita no valor do autoconhecimento e conhecimento. E também na cura. Tem mais esperança do que tinha antigamente e insiste que não está aqui só de passagem. Sua matéria-prima é o amor.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: